“Establishment feminista são socialites mancomunadas no politburo do Partido Democrata.”


Fonte:   https://ocontraditorio.com/ladodireitodaequidade/igualistas/camille-paglia/establishment-feminista-socialites-mancomunadas-politburo-partido-democrata/  

— Dra. Camille Paglia (1947–), Depto de Mídia, Universidade das Artes da Filadelfia, EUA, 1998.

Em 49 minutos, Camille Paglia abrange um lote de terreno nesta entrevista a partir do C-Span Washington Journal, que foi ao ar ao vivo em 4 de junho de 1998. Ela se opõe a ação afirmativa e educação bilíngüe e explica porquê. Uma feminista lésbica declarada, ela martela tanto o “establishment feminista” e o “establishment ativista gay.” Ela discute Bill e Hillary Clinton e o “Rubensian” Monica Lewinsky. Ela narra sua educação católica italiana em “correia de neve” do norte do estado de Nova York e celebra as mulheres fortes em sua família. Ela fala sobre o mundo da arte e da moda e do mito do poder masculino. Ela leva telefonemas espectador de todos os lados do espectro. Esta é uma animada e estimular a discussão não importa o que os seus pontos de vista políticos são. Perdem os primeiros minutos.